Conselho de Jetro

Compartilhe

Sua equipe prefere ver

Sua equipe prefere verUma das histórias mais conhecidas da liderança servidora de Jesus é a de quando ele lavou os pés dos discípulos, na noite da Última Ceia, menos de 24 horas antes de ser torturado e assassinado. Durante três anos, Jesus pregou e praticou a liderança servidora, mas seus discípulos continuaram a discutir quem era mais importante. Em vez de fazer um sermão final sobre servir aos outros, Jesus decidiu mostrar, mais uma vez o que era um bom desempenho. Aquele se tornou um exemplo ainda mais dramático porque, em termos bíblicos, não havia parte do corpo mais suja e malcheirosa do que os pés. Lavá-los, portanto, era um ato tão infame e degradante que nem mesmo um senhor ordenaria que um escravo o realizasse. Jesus não somente falou de bom desempenho. Ele o demonstrou, porque sabia que assistir a um sermão é mais impactante que ouvi-lo. Dave Anderson em A fé nos negócios.

Leia também: 
Cuidado com seu exemplo
Você é um bom exemplo?
Sirva como Jesus