Conselho de Jetro

Compartilhe

Qual o seu deus?

Ouvi a história de um jovem oriental que estava completando seus estudos de pós-graduação nos Estados Unidos. Um professor perguntou-lhe qual era o seu projeto, e ele disse que era mostrar que a América era politeísta. Isso soou uma ofensa, e aquele professor fez questão de mostrar como seu país tinha sido levantado com base nas Escrituras e que toda sua história estava ancorada nas leis de Deus. Mesmo assim, permitiu que o jovem oriental, procedente de um país com práticas politeístas, apresentasse seu estudo.
Era um desafio que o professor tinha que vencer. Após algum tempo, o jovem voltou com seu projeto. Nele afirmava que a América do Norte só tinha um nome para chamar seu Deus, mas servia a vários deuses. Dizia que os norte-americanos cultuavam no domingo o Deus único, mas quando faziam negócios seguiam leis que contrariavam as leis desse Deus...Cantavam a respeito de um Deus amoroso e perdoador, mas quando tratavam com outros povos não era o amor e o perdão que estabeleciam os parâmetros. Um só Deus chamado pelo nome, mas muitos deuses eram obedecidos.
Para descobrir qual é o seu deus, basta perguntar-se quais são os valores que guiam sua vida e os critérios que usa para tomar decisões. Então, compare esses valores e critérios com os do Deus único. Assim você saberá se há um ou vários deuses em sua vida. Crises com Deus sempre acontecem quando temos outros deuses além dele. Marson Guedes em O caminho de Jeremias.

Leia também: 
Discernindo a voz de Deus
Bezerros de ouro?