Somos exército de Deus - Reflexão - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Reflexão > Somos exército de Deus

Somos exército de Deus


Publicado em 04.09.2018
Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
 Mateus 16.18

Quando Jesus nos estabeleceu como igreja, deixou claro que haveria resistência, batalha a ser travada, enfrentamento espiritual. Suas palavras indicam uma igreja ativa. Não cita que o inferno está às portas da igreja, mas que a igreja avança sobre as portas do inferno. Em outras palavras, estamos em um campo de batalha e fomos estabelecidos como igreja na qualidade de um grande exército que ataca e vence.

Como seu exército, temos um inimigo em comum que já foi derrotado.
Como escreveu Paulo: Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes (Ef 6.12). Pedro ensinou: Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar (1 Pe 5.8). Temos inimigo, sim. Contudo, não precisamos temer. A boa notícia é que Jesus despojou os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz (Cl 2.15). Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo (1 Jo 3.8b).

Como seu exército, temos o supremo comandante que delega autoridade.
Jesus tem todo poder e o delegou a seus discípulos (Mt 28.18-19; Mc 16.15-20). As primeiras batalhas espirituais enfrentadas coletivamente pelos discípulos mostram isso. Jesus deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios e os enviou para libertarem o povo (Lc 9.1ss). Certa ocasião, o Senhor designou outros setenta; e os enviou de dois em dois, para que o precedessem em cada cidade e lugar aonde ele estava para ir (Lc 10.1). Regressaram os setenta, possuídos de alegria, dizendo: Senhor, os próprios demônios se nos submetem pelo teu nome! Mas ele lhes disse: Eu via Satanás caindo do céu como um relâmpago (Lc 10.17-19). Jesus é nosso comandante. Está atento. Está presente. Ele nos dá instrução clara, a autoridade necessária, e levanta nosso ânimo durante as batalhas.

Como seu exército, temos armas poderosas, disponíveis e eficazes.
Armas espirituais, poderosas em Deus, para destruir fortalezas, sofismas, e toda altivez que se levanta contra Deus (2 Co 10.4-5). Temos armas espirituais de defesa e de ataque (Ef 6.11, 13). Armas de defesa são: a verdade como cinturão que firma a coluna para equilíbrio, leveza e destreza (Ef 6.14a); a justiça, como couraça, para proteger o coração (Ef 6.14b); as boas-novas da paz, como calçado, para pisarmos firmes nos territórios acidentados (Ef 6.15); a fé como escudo para apagar dardos inflamados do Maligno (Ef 6.16); a certeza da salvação como capacete para proteger nossa mente (Ef 6.17a). Armas de ataque são: a palavra de Deus como espada do Espírito (Ef 6.17b); a oração a Deus guiada pelo seu Espírito, em todo tempo e por todos (Ef 6.18); e o jejum para vencer alguns tipos de demônios, como ensinou Jesus (Mc 9.29).

A notícia maravilhosa é que nessa batalha espiritual que enfrentamos, a vitória está assegurada por Cristo quando declarou que as portas do inferno não prevalecerão contra nós. Jesus venceu e nos faz vencedores (1 Co 15.57; 2 Co 2.14; Tg 4.7; 1 Jo 2.14; 5.4). 

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

Leia também

A realidade do Reino de Deus
Um exército de servos
Expressando o amor de Cristo na prática

URL: http://www.institutojetro.com/artigos/reflexao/somos-exercito-de-deus.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Somos exército de Deus
Autor: Rodolfo Garcia Montosa

Mais Lidos

carregando...

Comentários