Artigos

Compartilhe

Liderança Geral

Liderança através de capacidades


O escritor Robert Queen pesquisou por três anos os principais papéis dentro do exercício da liderança. De acordo com seus estudos, são sete os papéis principais que a liderança deve exercer, para cada um, uma atribuição. É importante saber que todos estes papéis não estão diretamente ligados a uma pessoa ou que demande uma determinada personalidade. Não é necessário – e talvez nem possível – que uma pessoa exerça todos, podendo cada uma executar uma ou ainda uma executar alguns. O que não deve haver é a ausência destes papéis. Objetivando dar uma ferramenta que pode inclusive servir de avaliação, segue a identificação destes papéis:

Facilitador

É um dos primeiros papéis que devem compor a liderança, ele discerne as intenções encobertas, é um pacificador e não coloca panos quentes no que está trazendo problemas. Este papel está cada vez mais ausente, basta olharmos e observarmos a quantidade de cisões e rachas no meio da Igreja Evangélica. Às vezes, os relacionamentos parecem mais uma panela de pressão do que uma comunidade eclesiástica. É importante frisar também que todos os papéis levados ao excesso geram uma zona negativa. E, neste caso, o facilitador deve ter cuidado para não gerar discussões improdutivas, ou seja, tentar mediar assuntos que precisam de outras atitudes e ações.

Mentor

Esta função percebe as carências durante o desenvolvimento pessoal. Deseja ver sua equipe robusta, completa, plena. E se utiliza de vários recursos como discipulado e treinamento. O mentor, na dimensão da igreja, está preocupado com o crescimento integral do indivíduo. Sua zona negativa é uma permissividade extrema, além de um individualismo exagerado.

Coordenador

Este se responsabiliza pelo fluxo das coisas, as entradas e saídas devem estar sempre sob controle. Ele gera estabilidade e continuidade dos programas. Já sua zona negativa é um repetição por hábito ou um tradição árida, um ritual vazio.

Monitor

O indivíduo que exerce esta função está profundamente envolvido com transparência e prestação de contas. Sua zona positiva é a gestão de informações rotineiras e consistentes que ajudem a localizar a posição do processo do ministério. Sua zona negativa é transformar o processo em um peso.

Diretor

Este papel é um guardião de uma visão. Um diretor saudável corrige os rumos e se mantém aliado. Aquele que o exerce entende que governar é dirigir de uma forma completa. Sua zona negativa é o autoritarismo, chegando a tornar-se uma pessoa centralizadora.

Produtor

Executa uma série de atividades. É alguém com alto grau de motivação e interesse, aceita responsabilidades, realiza tarefas e sustenta elevada produtividade pessoal. E é justamente isso que o leva a uma exaustão. Outro ponto negativo é acreditar que os outros sejam iguais a ele: o excesso de produção gera exaustão.

Inovador

Seu lado positivo é que promove mudanças e adaptações na caminhada de toda a equipe e do ministério. Acredita nos sonhos e investe em idéias e insights intuitivos, com capacidade de transmiti-los aos demais. Seu lado negativo está justamente na ausência de habilidade para administrar esses desejos, podendo tornar-se uma pessoa fantasiosa, incapaz de avaliar o que seja viável ou não.

Negociador

Ele é alguém bastante presente. Está preocupado com a sustentação e a obtenção de recursos. Em geral, tem astúcia política, capacidade de persuasão e influência. Sua zona negativa está na idéia de que pode resolver tudo e nas concessões que pode vir a fazer em nome de seus objetivos.

Conclusão

Conhecer estas competências é extremamente importante. Por outro lado, não basta preocupar-se com as capacidades presentes na liderança e com seus respectivos papéis, se não houver preocupação com o coração. De nada valerá qualquer habilidade se o caráter do indivíduo não estiver sendo tratado e se ele não estiver crescendo em graça diante de Deus e dos homens.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com.

Leia Também:
Cuidados para uma boa liderança 
Faça um checklist da sua liderança
As sete dimensões da liderança