Artigos

Compartilhe

Reflexão

Oração de Adoração


Adorem o Senhor na beleza da sua santidade; tremam diante dele, todas as terras (Salmos 96.9 - NAA).

Adoração é contemplação, afeição, culto, reverência, respeito, homenagem, veneração, consideração, admiração, assombro, surpresa, êxtase, deslumbre. Nossa adoração a Deus é diretamente proporcional à percepção que temos dele. O salmista é mestre na escola da adoração e nos ensina esse movimento em nossa oração que expressa respeito, admiração e reverência diante do Senhor. Dentre tantos atributos, lemos em Salmos 96 que podemos adorá-lo porque Deus é glorioso (vv 1-6), santo (vv 7-9) e poderoso (vv 10-13).

Adoramos a Deus em sua glóriaOs pagãos que adoram ídolos, obras das mãos humanas, inúteis e corruptas (Salmos 115.4-8). Ao contrário disso, nós adoramos o Deus vivo e verdadeiro, pois reconhecemos que ele fez os céus (Salmos 96.5) que proclamam sua glória (Salmos 19.1). Declaramos que o Senhor está revestido de glória e majestade, força e formosura no seu santuário (Salmos 96.6). Anunciamos entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas (Salmos 96.3).

Adoramos a Deus em sua santidadeO Deus que é verdadeiro, alto, sublime, habita na eternidade e se chama Santo (Isaías 57.15) aproximou-se de nós por meio de Cristo. Nele fomos feitos santos (Efésios 5.25b-27; Hebreus 9.13-14; 10.14) e, só assim, podemos adorá-lo na beleza da sua santidade (Salmos 96.9) com os corações cheios de alegria. Na adoração, atribuímos a ele glória e força e lhe oferecemos ofertas na intimidade da sua presença (Salmos 96.7-8).

Adoramos a Deus em seu poderSomos o povo da aliança que já desfruta o governo justo e amoroso do Pai celestial. Por isso, adoramos declarando entre as nações: Reina o Senhor. Ele firmou o mundo para que não se abale e julga os povos com equidade (Salmos 96.10). A adoração torna-se universal (Salmos 96.11-12), com alegria, na presença do Senhor, porque vem, vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, consoante a sua fidelidade (Salmos 96.13).

Para todo o sempre, adoraremos a Deus dando somente a ele a glória devida ao seu nome (Salmos 96.8). Nossa adoração sempre será marcada por cântico novo cantado em todas as terras (Salmos 96.1), pois refletirá nossa percepção daquele a quem estamos destinados a conhecer e admirar em toda a eternidade.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site www.institutojetro.com e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

Leia também